google-site-verification: googled7257398dba650b7.html

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Tratamentos Naturais para o Herpes

Tratamentos Naturais para o Herpes


Herpes Oral
O vírus do herpes simples esconde-se e reativa-se intermitentemente desde as células nervosas,
 daí a tendência para o herpes aparecer e desaparecer. Pode ser uma doença embaraçante e
que tem algumas implicações emocionais.

O vírus do herpes simples tem duas formas: o herpes simples 1 que normalmente afeta a zona
 da boca e o herpes simples 2 que afeta a zona genital. Esta segunda condição, nas suas
 diferentes manifestações resulta em forte angustia física e mental para o doente, pois aceitar
 que se tem herpes é aceitar que se vai ter que lidar com uma situação bastante difícil.

No entanto é preciso lidar com esta situação e concentramo-nos em procurar uma cura
 eficiente. A maioria das pessoas concentra os seus esforços em curas convencionais, muitas
 vezes ineficientes a longo prazo e que apresentam fortes efeitos secundários. Mas existem 
diversos remédios caseiros para o herpes que são muito efetivos, baratos e fáceis de preparar.
Onde se incluem:
tratamento para herpes - herpes1. O Mel

O mel é muito utilizado para aplicações locais no herpes
 oral ou no herpes genital e atua muito melhor que
muitos tratamentos médicos convencionais. As
diferentes propriedades medicinais do mel têm sido utilizadas durante seculos, era considerado como uma
das curas principais para muitas infeções antes do aparecimento da penicilina no princípio do seculo XX.

O açúcar presente no mel impede a multiplicação do
 vírus herpes. O mel também contém uma enzima
chamada glicose oxidase, que causa a produção de
 peróxido de hidrogénio quando entra em contacto com
 a área infetada, ajudando a secar as borbulhas. De 
notar que o mel puro funciona melhor que o mel
 processado que é normalmente vendido nas lojas da especialidade.
2. Ingerir alimentos ricos em lisinha

A lisinha está comprovada como um dos eficientes tratamentos para o herpes, ajudando a
 parar as erupções e a reduzir a sua frequência. Alguns alimentos com alto teor de lisina
 incluem germe de trigo, fígado, amendoim e levedura de cerveja. O vírus herpes para se
 reproduzir precisa da presença de arginina e a lisinha tem a propriedade de baixar os
níveis de arginina, dificultando assim a sua reprodução.
3. Controlar os níveis de stress

Níveis elevados de stress têm a capacidade de afetar fortemente o sistema imunológico. Foi comprovado em diversos tetes clínicos que as erupções de herpes são mais frequentes em pessoas que sofrem com altos níveis de stress. O herpes depois de contraído tem tendência para aparecer e desaparecer e costuma aparecer com mais frequência em alturas de stress. Controlar os níveis de stress pode ajuda-lo a livra-se do herpes.

Pode conseguir controlar o stress através de exercicos, yoga, massagens e spa ou então através de um suplemento para aliviar o stress.
Tratamento para o Herpes - Controlar Stress
4. Erva-cidreira

Extratos de erva-cidreira atuam de diversas maneiras para combater o herpes: Primeiro
 contém taninos, que têm fortes propriedades antivirais, ajudando assim a destruir o vírus
herpes. Ela também atua como um calmante (lembre-se o stress é um fator importante que
 contribui para o aparecimento de herpes) e tem fortes propriedades antioxidantes que
impedem a proliferação do vírus. A aplicação local é mais eficiente que a sua ingestão,
 esfregando algodão embebido em chá de erva-cidreira contra feridas do herpes.

5. Evitar carboidratos refinados

O consumo de hidratos de carbono refinados tende a exacerbar a sua susceptibilidade
ao vírus. Hidratos de carbono refinados diminuem a capacidade do corpo para produzir
 anticorpos, assim, afeta negativamente os vários aspetos do sistema imunológico. Reduzir o
 consumo de açúcares refinados é aconselhado para reduzir a gravidade e a recorrência de 
surtos de herpes.
Tratamento para Herpes - Evitar Carboidratos6. Comer alimentos alcalinos

Uma acidez alta reduz o sistema imunológico do corpo. Comer alimentos alcalinos ajuda a equilibrar os níveis
 de pH do corpo, pois o estado ideal para o corpo é ligeiramente alcalino. Alguns alimentos alcalinos
 comuns incluem frutas frescas (com exceção dos
 citrinos), produtos integrais, frango, peixes, legumes
 e verduras.
7. Ingestão de vitaminas C e E

A vitamina C é um inibidor conhecido contra vários vírus e bactérias, portanto,
 ajuda a 
acelerar o processo de cicatrização de feridas e lesões de herpes. A vitamina E
 ajuda no alívio
 da dor e cicatrização das lesões do herpes. A vitamina C é encontrada em 
grandes
 quantidades de frutas, vegetais e legumes e pode ser ingerida. A vitamina E é 
mais eficaz 
quando aplicada diretamente sobre as feridas.



Observação a parte desta matéria: O herpes gosta de lugares húmidos, 
então nas áreas externas coloque um pouco de talco, mantendo sempre 
seco o local. Vai tonar o local desconfortável para o vírus e a cicatrização 
é mais rápida, mas lembre-se, áreas externas, não pode ingerir o talco,
 não quero falar de marcas, mas o tenis pé baruel é o melhor pois 
também é cicatrizante, sempre uso quando eventualmente aparece.
 Em mim
costuma aparecer com um intervalo que varia de 1 a 3 anos. Uso pois 
tenho herpes labial, meu irmão também tinha mas ja tem cerca de 10
 anos que não manifesta, então é uma questão de sistema imunológico. 
Me atrevo a dizer que não é 20% da população que tem, mas 90%, pois muitos tem e não se manifestam ou até mesmo não sabem oque é. Vale a
 dica e abraço a todos


Régis de Sá

Nenhum comentário:

Postar um comentário