google-site-verification: googled7257398dba650b7.html

sábado, 17 de setembro de 2011

Alimentos termogênicos: queimam calorias e ajudam a emagrecer


Alimentos termogênicos: queimam calorias e ajudam a emagrecer

Foto reprodução
Foto reprodução
Os alimentos termogênicos aumentam o metabolismo e a temperatura interna corporal. Com isso, queimam calorias e ajudam a emagrecer. Eles são responsáveis por cerca de 10% do gasto total de energia, porém, sozinhos não fazem milagres.
A variedade dos alimentos apontados como termogênicos é imensa:
Pimenta Caiena (pimenta vermelha) e pimentões:: Aumentam a circulação, a temperatura do corpo e melhoram a digestão. Três a quatro gramas ao dia como tempero de pratos quentes e saladas é capaz de aumentar o metabolismo em 20%.
Gengibre: Aumenta o metabolismo em 20%. O gengibre pode ser consumido cru, no tempero de aves e peixes, refogado, em forma de chá ou batido no liquidificador com frutas. Deve ser consumido três vezes ao dia.
Vinagre de Maçã: 1 colher de chá duas vezes ao dia.
Ômega 3: Aumenta o metabolismo basal, ou seja, queima calorias. Elimina o excesso de líquidos e aumenta a energia do organismo. Além disso, funciona como anti-inflamatório, previne e trata doenças cardiovasculares. Fontes: óleo de prímula, óleos de peixes (como salmão e sardinha),  linhaça (misturar duas colheres desopa a v itaminas, sopa, salada de frutas, saladas etc).
Chá Verde: acelera metabolismo. Os compostos presentes na planta também reduzem a absorção de açúcar no sangue – o que ajuda a diminuir a compulsão por doces – e inibem a ação da amilase, enzima responsável pela digestão de carboidratos. Além disso, aceleram o trânsito intestinal. Tome 1 xícara de chá de 5 a 10 minutos antes das principais refeições. 
Canela: Uma grama duas vezes ao dia, na forma de chá, polvilhada em sopas ou em frutas como maçã ou banana.
Guaraná em pó: Em pó ou cápsulas, 2 gramas, duas vezes ao dia. Encontrado em drogarias e casas de produtos naturais.
Atenção:
Apesar desses alimentos serem naturais, hipertensos,cardiopatas, gestantes e lactantes precisam ter atenção ao consumi-los, já que o excesso pode levar ao aparecimento de sintomas como dor de cabeça, tontura e insônia.
fonte: nutricionista Luana Stoduto, formada pela Unigranrio e especialista em Administração de Serviços de Alimentação pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

Nenhum comentário:

Postar um comentário